top1

Confidências

dema

Dulcimary, amor criança,
buenos recuerdos de infância,
pero Vera, adolescente,
permanece em minha mente.
Então Silvânia, Lourdes, Tânia.
(Paulista italiana, la prima,
da Copa da Argentina;
a do meio, fogo de palha,
nulla lembrança que valha;
mas a terceira, meu Deus,
dos grandes amores, primeira,
tocou os sentimentos meus.
Causa dela até hoje rezo
com a alma cinza-chumbo,
impôs-me duplo desprezo,
por isso, meu ódio profundo.)
Eis que assoma no horizonte,
ao de lá da pradaria,
num ginete de Creonte
a esvoaçante Maria.
Santa Virgem das Camélias,
e nem tanto era bela,
contudo, paixão doentia.
Se fosse a mim possível,
extirpá-la desta sina,
pra não tê-la perceptível,
daria volta por cima.
E veio Helô, o qu’eu faria?
cutucou meu coração,
quando a outrem pertencia.
Que me dê o seu perdão.
Maysa, outra infeliz
pura, bela, não atriz.
Hi, Elina, nice to meet you,
sorriso vindo da alma,
impregnou-me, causou trauma,
como magia Vodu.
Pena que não tive cabra
para um loa como Tu.
Cydinha nem se instalou,
princesinha bibelô.

 

romancesromances

Entra a vez de Mara Rosa,
calada, porém, fogosa,
par, a quem não punha fé,
muito mais pareceria
sal botado no café
ou feijão na melancia.
Com nome extravagante,
Ermenegilda surgiu,
virou os olhos no instante
em que Eros lhe sorriu.
Santo Eros, Santo Eros,
se me lembro, ainda a quero.
E o tempo assim passando,
(desenganos até quando?)
cada ciclo nova brisa,
chegaram Ione e Eliza.
Ione fora um ciclone,
um tsunami de fome
aquilo que me infringia,
ateava fogo e fugia.
Eu pensava ser meia noite,
e depois de alguns açoites,
já era o romper do dia.
E aí, linda Clara querida,
por tempo razão desta vida,
ao certo tu sabes ser musa
deste poeta que abusas.
Por que não te entregas às cegas,
deixando que ele te conduza?
Achegue-se, pois, minha Ana,
que hoje ninguém mais me ama.
Pudera, com tantos amores,
quem me dera outra aragem!
Por prenda, alguns valores,
prego botões com coragem.
Não questionem, por favor,
se nesta tardia idade
eu cultivo inda um amor
ou se tão só a saudade.

Ver comentário

 

 

direitos autorais de demasilva